Exercícios aeróbicos não é o suficiente para perder peso, veja o que fazer agora

Praticar exercícios físicos é tudo de bom.

Entrar em forma, perceber as diferenças no corpo e, principalmente, estar com a saúde em dia são fatores decisivos na hora de decidir entrar em uma academia.

Mas quando chega essa hora, bate aquela dúvida! Apesar de parecer simples, faz uma grande diferença:

Focar mais nos exercícios aeróbicos ou na musculação?

Na verdade, depende muito do seu motivo para ter entrado em uma academia. Para começar, vamos diferenciá-los.

Exercícios aeróbicos são aqueles que movimentam os maiores grupos musculares do corpo

 

Os exercícios aeróbicos são aqueles que movimentam os maiores grupos musculares do corpo, como por exemplo, a corrida e natação.

Nessas atividades, o coração e o pulmão trabalham juntos para poder distribuir o oxigênio e gerar energia para os músculos que estão sendo trabalhados.

Alguns de seus benefícios são:

  • Redução dos riscos de doenças cardiovasculares e derrame,
  • Diminuição de peso e de gordura corporal e
  • Aumento da autoconfiança.

Já a musculação trabalha os músculos de forma isolada e com repetições. Seus benefícios:

  • Melhora da postura corporal,
  • Aumento e manutenção da massa corporal,
  • Aumento nos níveis de força e
  • Prevenção de lesões.

Musculação melhora a postura

Começar a academia com os exercícios aeróbicos é mais indicado se você procura controlar problemas cardíacos e a pressão arterial, mas sem exageros, para só depois começar a musculação.

Se o seu principal motivo for perder peso, não faz muita diferença a ordem dos exercícios.

Nesse caso é mais indicado começar pela musculação, pois ela não vai interferir tanto nos aeróbicos, que são mais eficazes para perda de peso. Sendo assim, você não fica cansada na hora de correr ou pedalar.

O mesmo vale para quem quer modelar o corpo ou ganhar massa muscular. Ao começar pelos aeróbicos, você poderá perder a energia necessária para poder trabalhar os músculos depois.

Independente do seu motivo procure sempre extrair o que existe de melhor em cada tipo de exercício.

Os dois são fundamentais para uma saúde equilibrada e são complementares no desempenho dos seus treinos.

Não comece nenhum tipo de exercício sem acompanhamento

Lembre-se que é muito importante o acompanhamento de um profissional capacitado na hora de decidir quais são as melhores formas de treino. É ele quem irá indicar com precisão a ordem e a intensidade dos exercícios.

Antes de começar qualquer atividade física, procure um médico e faça todos os exames necessários para poder aproveitar ao máximo, com segurança, os benefícios da prática esportiva.


Publicidade