Famosa frutinha vermelha emagrecedora cumpre o que promete ou é enganação

Para aqueles que estão sempre em busca de formas de emagrecer, Goji Berry é o nome do momento. A fruta muito comum no Oriente tem tomado cada vez mais espaço nas dietas brasileiras.

Não é para menos, estudos comprovam que além de ajudar na perca de peso, a lista de benefícios à saúde é extensa.

Goji Berry é a fruta do momento

Além de ser rico em vitaminas e minerais, o uso contínuo combate:

  • O envelhecimento,
  • Diminui celulites,
  • Reduz o colesterol,
  • Melhora o humor e
  • Atua no controle da glicose e hipertensão.

Por ter índice glicêmico baixo, o Goji Berry tende a satisfazer a fome mais rápida e inibe a vontade de comer. Também mantém a massa muscular magra o que faz com que o corpo queime gordura.

A fruta também aumenta o nível de energia, dando disposição para a prática de exercícios físicos.

Suco de Goji Berry

No Brasil podemos encontrar facilmente o produto em forma de cápsula ou fruta desidratada. Os dois modos são recomendados, porém a forma in natura mantém a quantidade de benefícios, enquanto o comprimido pode perder vários princípios devido a manipulação.

Para quem opta pelas cápsulas o ideal é que se tome uma por dia e preocupe-se com a procedência do material, pois a Anvisa já confiscou vários lotes de produtos que não estavam nos padrões estabelecidos.

Verifique a procedência do fabricante das capsulas

Já a fruta deve ser ingerida uma colher de sopa, preferencialmente pela manhã, ou antes de praticar exercícios, já que ela aumenta a energia corporal.

É importante que fique de molho na água para reidratar suas fibras e potencializar seus nutrientes. Pode ser usada em iogurtes, saladas de frutas, sucos e até em receitas salgadas que tenham como ingredientes frutas secas.

É importante que fique de molho na água para reidratar suas fibras e potencializar seus nutrientes

Não é recomendado, porém, o uso do Goji Berry em pessoas que façam uso de medicamentos diários para o controle glicêmico e de pressão arterial, pois ele interage com complexo de proteínas conhecido como P450, local do fígado onde muitos medicamentos são metabolizados.

As duas formas podem ser encontradas em lojas de produtos naturais e os preços podem variar. Para as cápsulas a média é de 30 reais (recipiente com 60 comprimidos). Já a fruta desidratada pode custar entre sete e vinte reais cada 100 gramas, dependendo da origem do produto.

Mas atenção! Não há fórmula milagrosa!

É importante uma dieta direcionada juntamente com atividades físicas para que os efeitos prometidos pelo Goji Berry sejam alcançados. Procure a orientação de um especialista para alinhar todos os recursos.


Publicidade